Você sabe qual é a sua missão?

Dentre os significados para a palavra missão constam: ‘encargo, incumbência, desempenho de um dever’, e talvez resida em descobrir afinal, qual a nossa missão – para posteriormente desenvolvê-la, um dos grandes mistérios da nossa existência. Isso é tão importante que se torna apavorador para algumas pessoas. Daí que falar no vazio, tem se tornado um mal – a pretexto do dinamismo – aprimorado em nossos tempos e que tem contribuído para confusões intensas sobre compreensão de missão e propósito de vida, e em razão disso, as pessoas se lançam ao fragor das urgências de todas as coisas, tornando os espaços de reflexão das falas para futura consolidação, simplesmente templos do silêncio, onde findam-se as vozes que as conduzem a conhecer a sua missão. 

Sim, todos temos uma missão, percebida, construída. Mas, e você, sabe qual é a sua? Você consegue defini-la em uma ou duas frases?

Há um antigo adágio sobre adversário que diz: “Se quiser derrotá-los, distraia-os”.

Distração é uma arma profundamente efetiva para nos afastar da nossa missão. Em razão dela fracassam muitos empreendimentos e carreiras profissionais. As distrações são, muitas vezes, “oportunidades de ouro”, e até  se relacionam aos nossos talentos, mas o fruto é nos desviar do nosso propósito, pois nelas não há a essência da nossa missão.

Assim, é necessário compreender que uma trajetória sem conhecimento de missão é como vagar no deserto sem bússola, apenas perda de energia, de vida, e em se tratando de um empreendimento, por exemplo, pode-se com isso produzir, não apenas erros estratégicos que digam respeito a uma única pessoa, mas ações que tenham como resultado a quebra de uma empresa (com todos os seus desfavores) e no caso de líderes, gestores, dirigentes, isso pode refletir em demissões de grupos inteiros por mal desempenho.

Por isso repetimos a pergunta, como ponto partida para uma reflexão efetiva de suas ações e planejamento (para corrigi-lo, caso você esteja se distraindo ou fazê-lo, se acaso, este ainda não existir): você sabe qual é a sua missão? É preciso sabê-la e partindo daí, manter-se em plena conexão com ela para não cair no meio do caminho sob o ataque das distrações. Ou seja, é preciso focar no seu encargo, na sua incumbência a fim e que você desempenhe com alto padrão de excelência, o dever que a vida lhe confiou, gerando-lhe vida digna e poder para colaborar com a construção de um mundo melhor.

Deixe seu comentário: