Saiba por que os seus colaboradores não são proativos!

Uma característica frequente dos profissionais e colaboradores nas empresas infelizmente tem sido a falta de proatividade. Sim, a falta de iniciativa, criatividade e entusiasmo é um mal que tem se alastrado e age como um grande limitador para o sucesso das empresas. Porém, se engana quem acredita que este tipo de atitude é simplesmente um defeito, uma característica pessoal. Muitas vezes a falha está acontecendo na liderança das empresas, que acabam tolhendo e desanimando seus colaboradores. Sim! Você, líder, pode ser o grande responsável pela falta de proatividade de seus colaboradores. Confira neste conteúdo três fatos que podem estar acontecendo na sua empresa e cuja reversão do quadro depende das suas atitudes!

Delegar Tarefas

A liderança que centraliza demais as ações demonstra não confiar em seus colaboradores. Delegar tarefas significa mostrar ao outro que ele tem potencial de resolver problemas. Este voto de confiança na capacidade de execução de seus colaboradores é o estímulo certo para que se desenvolvam profissionalmente e se sintam trabalhando num verdadeiro time para o qual a vitória é o sucesso do empreendimento. Quando o profissional é chamado a executar tarefas e resolver problemas, ele tem a chance de mostrar seu potencial. Quanto mais confiança for devotada a ele, maior sua capacidade de ser proativo na empresa e de buscar soluções e tarefas por conta própria.

Medo de errar e de se expor ao ridículo

Dizia o grande pensador Maquiavel (século XVI) que é melhor ao líder ser temido do que ser amado. Este é um pensamento antigo que serviu de base para a construção da cultura organizacional ao longo dos anos. De fato, por muito tempo as grandes estratégias empresariais foram forjadas tendo como base estratégias de guerra muito antigas. Não se pode desprezar este conhecimento, mas hoje as empresas e os líderes podem desfrutar de estratégias novas e diferentes para estimular a proatividade e produtividade dos seus colaboradores. Hoje sabemos que, apesar de o temor chamar à responsabilidade, o verdadeiro líder não é aquele que inspira medo, mas sim o que inspira exemplo. Se você provoca terror e pesadelos nos seus colaboradores, pode ter certeza que eles não vão ter iniciativa para fazer nada além do previsto. Sim, o medo de errar, de desagradar e de ser ridicularizado é fator certo para fazer a proatividade passar bem longe da sua empresa.

Medo de perder

Da mesma forma, se o colaborador está sob constante pressão de ter de se responsabilizar por perdas e prejuízos ou até mesmo de perder seu emprego, isto também não é nada atrativo. Claro que ele deve estar ciente de que erros tem consequências e que ele sempre terá de arcar com sua parcela de culpa, mas estimular na empresa um ambiente de perseguição e punição absolutamente não vai ajudar. Por mais desagradável que seja, erros fazem parte da rotina de qualquer empresa, mas se você não estimula um ambiente de segurança e compreensão, não haverá espaço para a criatividade e proatividade na sua empresa, e a solução dos problemas, até mesmo aqueles mais simples e rotineiros da empresa, vão se tornar uma tarefa muito mais difícil.

Está faltando proatividade nos seus colaboradores? Que tal repensar suas atitudes e criar estratégias para estimulá-los? Compartilhe nos comentários o que tem feito em suas empresa para estimular os seus colaboradores!

Deixe seu comentário: