4 passos para montar um time ideal de colaboradores

Das incontáveis tarefas que ocupam a mente e a agenda de um empreendedor, talvez poucas sejam mais complicadas do que a formação de uma equipe. Se você tem uma empresa estabelecida, já deve saber que não é nada fácil encontrar o profissional exato, motivado, aquele que se encaixa perfeitamente à sua proposta, e que por isso contribui para uma sinergia muito favorável aos negócios. E se você está começando um empreendimento, também deve ter enfrentado dificuldades na hora de contratar profissionais.
De toda forma, não se pode deixar esta questão de lado. É ponto pacífico que processos como recrutamento e seleção para a formação de um bom time são essenciais para que um negócio se mantenha competitivo, operando em alto nível de qualidade.
Diante das várias dúvidas que empreendedores têm manifestado, resolvemos aprofundar um pouco mais o tema. No texto abaixo, reunimos algumas dicas sobre recrutamento e seleção que, quando bem aplicadas, podem contribuir para processos muito menos dolorosos e mais efetivos.

Defina bem a vaga

Um dos erros mais comuns de empreendedores é sair contratando sem critério. Há muitos casos em que empresas não têm clareza sobre as vagas e, por isso, dificilmente atrairão um perfil que contribuirá de fato. Portanto, neste momento estude bem a vaga que você vai abrir: especifique bem as funções e as qualidades que ela vai exigir. Isso faz toda a diferença. Definiu? Então chegou a hora do recrutamento (bem) detalhado!

Recrutamento

Esta é o momento de divulgar a vaga, de anunciar ao mundo que sua empresa está em busca de um profissional. Você pode pensar que o recrutamento talvez seja o momento mais tranquilo de uma seleção; afinal, gente querendo trabalhar é o que não falta. Mas não é bem assim. O recrutamento requer um bocado da sua atenção, já que aqui você deve ser o mais detalhista possível. Você precisa ser extremamente específico na descrição da vaga, porque só assim conseguirá atrair profissionais que realmente tenham o perfil desejado. Vá fundo na descrição; registre nela todas as características que você espera do candidato, mesmo aquelas que parecem insignificantes. Considere que isto vai reduzir a quantidade de currículos enviados, mas melhora a adequação dos candidatos à vaga.

Entrevistas e testes: nada supera a impressão pessoal

Recebidos os CVs, é hora de empreender uma cuidadosa triagem. Neste momento, tenha em mente que, pelo papel, só dá para conhecer as capacidades técnicas dos candidatos. E o ideal é que para cada vaga você escolha ao menos três candidatos, a fim de selecionar melhor aquele que fará parte da sua equipe. Eleitos os candidatos, comece a marcar as entrevistas. Nesta primeira fase, especialistas recomendam atividades em grupo. Realize testes, como tarefas em equipe que estimulem a interação, para que você avalie o espírito de coletividade do profissional. Dinâmicas de grupo são um bom exemplo; por meio destas experiências, é possível até identificar quais seriam potenciais líderes. Procure também, ao longo deste processo, ser o mais organizado possível. Elabore uma planilha com aquilo que você achar mais relevante acerca de cada candidato – sejam atributos, sejam defeitos – e mantenha-a sempre atualizada.

Uma última recomendação antes do aperto de mãos

Depois de realizadas as dinâmicas e feitas as anotações, é bem provável que você já tenha um escolhido em mente (se estiver em dúvida, esta técnica para selecionar entre candidatos finalistas é bastante útil). Porém, antes de dar a ele a ótima notícia, uma última atividade é altamente recomendada: a entrevista individual. É neste momento de olho no olho que você poderá confirmar as impressões que teve ao longo das etapas anteriores. Ou mesmo apagá-las, tendo que recomeçar o processo. O mais importante de tudo isso é você saber que não basta contratar alguém que tenha um currículo invejável, mas não um bom comportamento. E mais: o ideal é que você contrate alguém que tenha a ver com a sua empresa, que corresponda ao perfil dela.

Este conteúdo é um artigo do Blog Endeavor cedido gentilmente aos leitores do Blog DAEXE. Agora nos conte qual a metodologia que você tem utilizado para recrutamento e seleção de colaboradores na sua empresa!Está funcionando? Entre em contato com a gente, pois temos a dica certa para a formação do seu time!É só deixar uma mensagem nos comentários abaixo!

Deixe seu comentário: