Saiba como gerir conflitos na sua empresa!

Embates, divergências, conflitos, são palavras que geralmente não soam bem para quem está em busca de um ambiente de tranquilidade. Mas vamos ter de admitir que situações conflituosas sempre vão existir quando houver um grupo de pessoas convivendo. Afinal, as pessoas têm origens e formações diferentes e é claro que nem sempre haverá harmonia entre opiniões, interesses pessoais e atitudes. No ambiente empresarial, conflitos entre pessoas, entre grupos de trabalho da empresa e entre empresas diferentes se manifestam da mesma forma e, em suma, pelos mesmos motivos: opiniões e interesses divergentes. Conflitos empresariais são desacordos que rompem o fluxo de trabalho, mas a maioria de nós não para pra pensar a quantidade de horas e energias desperdiçadas quando estas situações surgem. Por isto, preparamos este conteúdo para gestores que querem estar preparados e instrumentalizados para gerir os conflitos, encontrar a melhor solução cabível e extrair todo o aprendizado possível para sua empresa e equipe.

Atue sobre as principais causas que originam os conflitos na sua empresa

Uma forma de gerir conflitos é estar prevenido e fazer o possível para minar as possibilidades de seu surgimento. Especialistas no assunto enfatizaram que existem ambientes específicos que são terrenos férteis para situações conflituosas, e é sobre eles que o gestor deve estar atento.

O ambiente de implementação de mudanças é um deles. Mudança significa ir rumo ao desconhecido, sair da sua zona de conforto, e este tipo de ambiente tende a gerar resistência dos colaboradores. Uma boa estratégia é que o líder preze por ser o mais claro possível sobre as mudanças, suas motivações, suas vantagens para empresa, buscando envolver de forma comprometida a sua equipe. Isto evita transtornos em decorrência de incompreensões e posturas resistentes e precipitadas por parte de seus liderados.

Outro fator que costuma ser um prato cheio para o mal estar entre os colaboradores é a necessidade de compartilhar recursos limitados. Criar metodologias e regras de utilização equilibrada e controle destes recursos pode ser o caminho para evitar embates entre colaboradores e entre equipes dentro da sua empresa. Quando os limites estão precisamente estabelecidos, aparamos brechas que levariam à inimizade e à falta de disposição dos profissionais em colaborar uns com os outros.

Na mesma direção, uma reclamação recorrente entre os colaboradores está no âmbito da ambiguidade de papéis. Quando a empresa não tem bem definidas as funções e tarefas de cada colaborador, ou quando vários deles são direcionados a uma mesma tarefa sem que haja um controle eficiente do desempenho de cada envolvido, é muito provável que surjam situações conflituosas oriundas de funcionários sobrecarregados (sentem que estão trabalhando mais que os demais), de tarefas não cumpridas (um funcionário empurra pro outro a tarefa, e vice e versa, até que vencem os prazos), etc.

A interdependência das atividades necessária ao bom funcionamento das empresas também costuma gerar muitos conflitos. O trabalho em equipe traz muito aprendizado e os resultados podem ser incríveis quando a equipe tem boa sinergia. Porém, as pessoas têm ritmos diferentes, e quando algum colaborador falha no quesito compromisso e pontualidade, prejudica toda a equipe que dele depende. Cabe ao gestor identificar estas características em sua equipe e tomar as medidas cabíveis, que poderão ser, desde políticas de estímulo e dinâmicas de união e colaboração, até advertências e decisões mais severas.

A Resolução de conflitos

Mesmo com todas estas medidas de prevenção ao conflito, em alguma circunstância eles vão surgir. Nestes momentos, caberá ao gestor minimizar ao máximo seus impactos negativos. Para tanto, deve ter o cuidado de analisar minuciosamente as origens, as percepções, as opiniões e os interesses de cada um dos envolvidos, buscando propor a solução mais eficaz.

O Gestor deve aparentar ser o mais neutro possível, transmitindo aos envolvidos a sensação de que está sendo guiado por um senso de justiça. Se a solução proposta for injusta, provavelmente se desdobrará em novos conflitos. Se a solução for sábia, o conflito será definitivamente resolvido e poderá até mesmo resultar em um saldo muito positivo. Conflitos bem resolvidos podem trazer amadurecimento e fortalecimento para sua equipe, e até mesmo a melhoria da sinergia do grupo!

Agora que você já está mais entendido sobre o contexto em que os conflitos costumam surgir no ambiente empresarial, fique atento a este assunto e estude métodos de mediação e resolução de conflitos. Se precisar consultar especialistas no assunto, entre em contato com a equipe DAEXE. Teremos enorme satisfação assessorá-lo!

Deixe seu comentário: