Sua conciliação bancária te ajuda ou te atrapalha?

Powered by Rock Convert

Este é um artigo para você que abriu uma empresa há pouco tempo e está em busca de aprimorar sua gestão financeira.
Se o seu caso não for esse, mas estiver com dúvidas sobre como ter uma conciliação bancária mais eficiente, também pode ser útil.

Provavelmente você já sabe que a conciliação bancária nada mais é do que a simples conferência das contas bancárias em relação ao controle financeiro interno da empresa. O objetivo é verificar se o controle interno está sendo eficiente ou se há inconsistência nos dados registrados. É uma forma de passar um pente fino, verificando se as datas e os lançamentos estão em conformidade com o extrato do banco.

Portanto, não adianta ter pressa ou fazer a coisa de forma desatenta. Se não, ao invés de te ajudar, a sua conciliação bancária vai te atrapalhar. E quanto mais tempo passa sem que o processo seja feito corretamente, mais difícil fica de encontrar as inconsistências, corrigir os rumos e deixar a gestão financeira em dia. O trabalho vai virando uma bola de neve. Já passou por isso?

Portanto, quando for fazer sua conciliação bancária, tenha em mente 3 dicas:

Powered by Rock Convert

1ª: Assuma o compromisso: as movimentações devem ser lançadas diariamente!

Uma gestão financeira amadora não combina com negócios de sucesso. E a profissionalização da gestão financeira depende desse compromisso da empresa, de controlar diariamente todas as movimentações de entradas e saídas, informando todas as contas bancárias envolvidas. É passar o pente fino mesmo. Não se esqueça de contabilizar as tarifas bancárias.

2ª: Cara-crachá – tem que conferir!

Quem faz a conciliação não pode ter preguiça, nem estar desatento a cada dado. Cara-crachá, ou seja, conferir se a foto confere com a pessoa que porta o crachá, é uma metáfora para dizer cada par de dados (do banco e da contabilidade interna) devem ser conferidos um a um: datas, valores, saldos iniciais e finais, tudo tem que bater.

3ª: Corrija imediatamente.

Identifique as divergências, corra atrás de saber por que ocorreram e corrija o mais rápido que puder. Lembre-se sempre que quanto mais problemas desse tipo você acumular, mais difícil será para resolver depois.

Se o seu problema é mais crônico que isso e você precisa de auxílio profissional para colocar sua conciliação bancária em dia, você pode contar com nossa Assessoria Financeira. Nós colocamos a casa em ordem até que você consiga pegar o ritmo. Fale com seu assessor executivo do Daexe, deixando seu contato nos comentários abaixo.

Autor

Fundador e CEO da Daexe Assessoria Executiva. Administrador e Especialista em BSC.

Deixe seu comentário: