gestão de consultório

Como fazer uma boa gestão de consultório odontológico?

Powered by Rock Convert

Normalmente, os dentistas precisam se dividir entre atender pacientes (que chagam ao local, por telefone ou pelo WebWhats) e realizar a gestão de consultório odontológico. Entretanto, muitos desses profissionais estão preparados para cuidar da saúde bucal das pessoas, mas não para assumir a função de administradores.

Isso porque, gerenciar um negócio envolve muitos fatores que não estão presentes na grade curricular de odontologia.

Por isso, faz-se necessário que os dentistas que estão pensando em abrir seus próprios consultórios, ou que já os tem, voltem para os livros e estudem tudo o que envolve o gerenciamento de um negócio, desde a parte financeira até os regulamentos.

Para te ajudar com esse desafio, separamos algumas dicas essenciais no dia a dia de um dentista gestor.

gestão de consultório

Precisa de uma solução efetiva e profissional para a gestão da sua empresa? Agende uma ligação com um assessor e descubra tudo que a Daexe pode fazer por você!

Por que uma boa gestão é importante para o seu consultório?

Quando o dentista resolve abrir um consultório ele passa a ser responsável, também, pela saúde do negócio.

Sendo assim, é responsabilidade do gestor assegurar que o consultório esteja estável e seguro para manter-se funcionando mesmo em meio à crises e à concorrência.

Quem é dentista sabe que mesmo sendo um serviço essencial para a manutenção da saúde, muitas pessoas deixam de visitar o consultório regularmente, pois colocam outras prioridades à frente.

Aliás, muitos nem se dão ao trabalho de contratar um convênio dental, como se emergências não acontecessem e a necessidade de convênios odontológicos pudesse ser deixada de lado.

Isso faz com que os dentistas não tenham alta demanda o ano inteiro.

A seguir, confira algumas dicas essenciais para uma boa gestão do seu negócio.

Dicas para uma gestão eficiente do seu consultório

Como dito anteriormente, a gestão eficiente de um negócio decorre de muitos fatores, tudo dependerá do tipo de negócio e das especificidades de cada mercado. Entretanto, existem alguns pilares que devem nortear o trabalho de qualquer gestor:

Planeje-se e organize suas finanças

Antes de abrir as portas do seu consultório é essencial que você monte um planejamento detalhado do negócio. Lembre-se que o planejamento não é inflexível, pois diante de imprevistos será necessário improvisar.

Planejar-se significa traçar um caminho e estabelecer até onde você pretende chegar com o consultório.

Para construir o caminho até os seus objetivos você terá que listar os seus custos fixos (aqueles que não se alteram de um mês para o outro) e variáveis (aqueles que variam dependendo do mês), precificação de tratamentos e gastos não esperados.

Também é primordial que você separe as finanças da empresa das finanças pessoais. Nada de misturar as contas e fazer retiradas fora de data. O pró-labore precisa ser fixo e periódico.

Powered by Rock Convert

Cuide do fluxo de caixa

O fluxo de caixa é o sistema financeiro que irá registrar a movimentação diária do dinheiro que entra e sai da clínica. É por meio do seu monitoramento que você terá o controle das contas para saber como está a saúde financeira do seu consultório.

É nessa etapa que você irá categorizar o que é custo variável e o que é custo fixo.

Os custos fixos são aqueles que não mudam de um mês para o outro. O aluguel, salários e encargos, o plano odonto empresa oferecido para seus funcionários e o pró-labore, são alguns exemplos.

Já os custos variáveis são aqueles que mudam a cada mês.

Por exemplo: a compra de materiais para a clínica dependerá muito do estoque e da demanda por certos procedimentos. Então, se em um mês você realizar muitos implantes dentários, certamente terá que comprar mais parafusos de titânio.

Conheça sua área de atuação

Aqui não estamos falando necessariamente sobre suas habilidades. Se você é um dentista obviamente sabe muito sobre odontologia.

Mas você também sabe que dentro da odontologia existem especialidades e novas tecnologias surgindo a todo o momento.

Conhecer a sua área de atuação é saber quais as especialidades mais procuradas por seu público e as inovações tecnológicas que te ajudarão a se sobressair perante a concorrência e agregar valor ao seu trabalho.

Assim, quando uma pessoa procurar por dentista convênio na internet, por exemplo, em busca de um profissional de confiança, ela escolherá você.

Use recursos tecnológicos de gestão de consultório

Graças aos avanços tecnológicos recentes, hoje já é possível automatizar processos de gestão por meio de softwares próprios para isso.

O mercado oferece inúmeras opções de sistemas de gestão que se adequam às necessidades de cada empresa. Para escolher a melhor alternativa preste atenção no dia a dia do seu consultório e opte por aquela que oferecer integração com:

  • Financeiro;

  • Agenda;

  • Relatórios inteligentes;

  • Estoque;

  • Pacientes.

Gestão de Consultório e Pessoas

Certamente, não é fácil transformar-se em gestor quando sua verdadeira vocação é cuidar da nossa saúde bucal. Porém, ao longo dessa jornada você irá perceber que administrar o seu próprio consultório é uma habilidade a ser desenvolvida conforme a experiência.

Assim como em sua carreira na odontologia, a gestão do consultório requer muito estudo e planejamento. Garanta que você tenha um bom ambiente de trabalho e conte com uma equipe competente que te ajude a assegurar o futuro do seu negócio.

Texto produzido por Estela Lima, redatora da empresa Ideal Odonto com adaptações editoriais de Daexe Assessoria Executiva.

Deixe seu comentário:
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *