Linha de crédito - Empréstimo - Financiamento

Por qual linha de crédito optar: empréstimo ou financiamento?

Quando precisamos comprar algo que não temos condições de pagar à vista, a alternativa que logo vem na cabeça é pedir um financiamento ou empréstimo.

Porém o difícil é tomar a decisão para saber qual dos dois é a melhor alternativa para você e por qual linha de crédito optar.

Antes de tudo, é importante saber que essa decisão deve levar em consideração que as parcelas não podem comprometer mais que 30% do seu salário.

Linha de crédito - Empréstimo - Financiamento

Precisa de uma solução efetiva e profissional para a gestão da sua empresa? Agende uma ligação com um assessor e descubra tudo que a Daexe pode fazer por você!

Saiba no que ficar de olho ao optar por uma linha de crédito

Não existe uma regra, ou uma dica de ouro. A sua necessidade, objetivo e planejamento precisa ser levado em conta. Mas existem dicas importantes.

Abaixo elencamos alguns itens que te ajudarão a decidir entre empréstimo ou financiamento.

 

 

1. Taxa de Juros

 

A taxa de juros sempre é uma das grandes vilãs, tanto do empréstimo quanto do financiamento. Por isso é muito importante você ter conhecimento de qual a taxa oferecida pela instituição financeira e pesquisar muito antes de fechar negócio.

Ainda quanto aos juros, existe o CET (Custo Efetivo Total do Empréstimo), que inclui todas as taxas que serão pagas, ou seja, os juros reais.

Esse é um ponto muito importante para se atentar e vale tanto para o financiamento quanto para o empréstimo.

Normalmente, a taxa de juros do empréstimo costuma ser mais alta do que no financiamento. Isso porque o risco de inadimplência do empréstimo é maior.

Já no caso do não pagamento do financiamento, a instituição financeira pode solicitar a busca, apreensão ou penhora do bem financiado, ou seja, tem uma garantia.

 

 

2. Liberação de crédito

 

Outro ponto para levar em consideração na hora de escolher é saber se o limite aprovado atenderá suas respectivas necessidades.

No caso do empréstimo pessoal, na maioria das vezes já existe um limite pré-aprovado na conta bancária. Em alguns casos é necessário verificar a possibilidade de liberação com o gerente da instituição financeira.

Quanto aos empréstimos, normalmente não é necessário declarar para que fim irá usar o dinheiro, o que é vantajoso dependendo do objetivo da pessoa.

Já o financiamento é um pouco mais burocrático, visto que é necessário destinar o valor para um bem, por exemplo, um imóvel ou veículo.

O lado positivo é que normalmente o limite a ser liberado costuma ser maior do que no empréstimo pessoal. Isso tudo varia conforme o perfil de cada cliente e os seus hábitos financeiros.

 

 

3. Prazo para pagamento

 

Esse é um ponto muito importante a ser analisado no comparativo entre empréstimo e financiamento e varia conforme cada instituição financeira.

Normalmente, o prazo de pagamento do empréstimo costuma ser de até 72 meses, já no caso de financiamento, pode chegar a 30 anos.

Dependendo do valor isso fará uma grande diferença no valor das parcelas e consequentemente no seu orçamento.

 

4. Inadimplência

 

Dando sequência ao comparativo entre os limites de crédito, caso você tenha algum imprevisto e não consiga continuar pagando seu empréstimo não perderá o bem.

O que pode acontecer em casos como esse é seu nome ser negativado nos programas como SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e Serasa.

Powered by Rock Convert

Já no financiamento, o imóvel está alienado ao banco e em caso de não pagamento eles poderão solicitar o bem. Isso porque o financiamento, mesmo tendo taxas de juros mais baratas, tem o bem como garantia de pagamento em caso de inadimplência.

Essa busca costuma acontecer quando não são pagas três parcelas consecutivas do financiamento ou mais.

 

 

5. Leia o contrato

 

Sabe aquela história de letras miúdas? Pois é, elas são muito importantes e você precisa ter muita atenção antes de assinar o contrato.

Todos os detalhes do financiamento ou empréstimo estarão descritos nele e ao assinar você concorda com os termos ali descritos.

Portanto, todo cuidado é pouco na hora de fechar negócio.

 

Financiamento ou empréstimo?

O financiamento é possível de ser solicitado em uma instituição financeira e você passará por uma avaliação para saber quanto pode ser liberado de crédito.

Depois disso é só assumir as parcelas e ter direito ao seu bem. Ao final do pagamento o terreno, imóvel, veículo, entre outros bens deixarão de ser alienados ao banco.

Já o empréstimo conta com várias possibilidades de solicitação por diversos públicos:

Empréstimo Pessoal

Essa é uma das modalidades de empréstimo mais conhecidas do mercado. Nele é possível solicitar um valor pré-determinado pelo banco e ter acesso sem precisar comprovar para que fim será o dinheiro.

 

Empréstimo Consignado

Esse tipo de empréstimo é voltado para aposentados, pensionistas e servidores públicos ou trabalhadores de empresas privadas conveniadas.

Costuma ser muito atrativo por causa da sua taxa de juros baixa, porém o valor do empréstimo é descontado na folha de pagamento.

 

Empréstimo no rotativo

As pessoas costumam fugir dessa modalidade de empréstimo, mas é uma alternativa para quem busca dinheiro rápido e fácil. Porém, quanto mais fácil é de se conseguir o valor necessário, maior é sua taxa de juros.

 

Empréstimo com garantia

Essa modalidade vem crescendo no Brasil e se destacando nos últimos anos. O empréstimo com garantia permite você dar um bem como garantia de pagamento para ter acesso ao crédito.

Para conseguir o empréstimo vale dar como garantia imóvel, veículo e até celular, por exemplo.

Essa forma de empréstimo costuma contar com taxa de juros baixas devido a garantia de pagamento.

 

Conclusão

Agora ficou mais fácil escolher por qual linha de crédito optar e qual é a melhor opção para você, se é o empréstimo ou financiamento.

Conta pra gente nos comentários qual você vai escolher? Qual tem mais relação com suas necessidades hoje?

Caso ainda tenha dúvidas, a Daexe conta com uma equipe de assessores que estão prontos para te ouvir e auxiliá-lo a tomar a melhor decisão.

Não tenha dúvidas que ao solicitar um empréstimo ou fazer um financiamento, se for de forma consciente, você dará um passo muito importante nos seus sonhos.

A cautela e o planejamento financeiro devem sempre ser seu aliado, para evitar que você dê um passo maior do que é possível naquele determinado momento.

Outro ponto importante, além do planejamento financeiro é que uma boa organização será crucial para você alcançar seus objetivos.

Não sabe como se organizar financeiramente? Um Assessor Daexe pode te ajudar. Agende sua reunião.

Author Details

Sou Ewerton Geniseli, jornalista apaixonado por contar histórias e buscar novos conhecimentos para transformá-lo em conteúdo de qualidade e fácil entendimento ao leitor.

Tenho 27 anos e sou formado pela Universidade Anhembi Morumbi. Acredito que uma comunicação feita de forma mais humanizada pode ser um grande diferencial no mundo.

Deixe seu comentário:
0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *