4 coisas sobre controle de gasto que você precisa saber!

Powered by Rock Convert

O mês nem acabou, mas a tentação de entrar no cheque especial é grande. A situação parece inevitável, afinal, as contas não param de chegar e é preciso honrar as dívidas. Se você não consegue fazer um controle de gastos, saiba que enfrenta um problema comum entre grande parte dos brasileiros. De acordo com o Banco Central, atualmente 60,9 milhões de pessoas (quase um terço da população) contraiu dívidas em 2014. Mais preocupante ainda: destas, aproximadamente 37% não possuem condições de pagar seus débitos, como informa o Ipea.

Sim, sair dessa situação não é fácil, porém, com um controle correto de gastos é possível diminuir bastante suas dívidas ou até mesmo controlá-las completamente. Para isso, saber alguns conceitos sobre finanças, bem como utilizar alguns aplicativos e softwares financeiros, é algo que pode ajudar muito qualquer pessoa a controlar seus gastos. Por isso, resolvemos trazer para você algumas das principais dicas para sair do vermelho por meio de uma boa gestão. Confira a seguir!

Faça o controle do fluxo de caixa

Esse é o pilar das finanças, e isso é válido tanto para empresas quanto para as pessoas. Todo o planejamento financeiro deve se apoiar no controle do fluxo de caixa. E o que isso significa? O fluxo de caixa funciona com uma ferramenta, que pode ser elaborada em planilhas no Excel (ou similares), cadernos de notas, ou em um software financeiro, como o ZeroPaper, uma opção gratuita e e bem mais simples do que uma planilha. Eles fornecem informações sobre as entradas e saídas de recursos financeiros. Ou seja, você têm o controle de todos os seus gastos mensais, semestrais ou anuais com todas as receitas para então descobrir o seu saldo final.

Elabore um orçamento

Para fazer um controle de gastos eficiente é fundamental fazer um orçamento, quanto mais realista ele for mais chances você terá de cumpri-lo. Considere todas as suas despesa (fixas e variáveis), investimentos, impostos, taxas, juros. Se você já fez um orçamento e extrapolou mais de 30% do valor, analise os erros cometidos e faças as correções.

Powered by Rock Convert

Faça um bom planejamento e mude de hábitos

Gestão financeira é, também, uma gestão de hábitos, não tenha dúvidas disso. Não adianta nada contar com uma série de tecnologias para acompanhar seus gastos ou ainda elaborar um controle do fluxo de caixa, se as informações não são disponibilizadas de maneira realista. A pessoa deve ser honesta consigo mesma e ter disciplina para registrar e monitorar todos os seus gastos.

Além disso, a elaboração de um planejamento financeiro também é parte integrante de toda a equação. É preciso definir qual é a sua receita mensal e os seus gastos principais antes de assumir novos. É importante também se planejar para o futuro, definindo as melhores formas de aplicar o seu dinheiro, como em poupanças ou outros tipos de aplicações financeiras (CDBs, ações, etc.).

Recorra à softwares e aplicativos de gestão financeira

Com a explosão de smartphones e de outras tecnologias, fica ainda mais fácil controlar as despesas. Atualmente, existem uma série de aplicativos e softwares financeiros destinados à tarefa, fornecendo relatório, gráficos e dados importantes a respeito da sua situação financeira. Dentre eles, destacam-se o Juros Fácil (uma calculadora de juros para celulares) e o próprio ZeroPaper (poderoso gerenciador financeiro).

Ficou com mais alguma dúvida? Fique à vontade para deixar nos comentários! Teremos o prazer em responder!

Este artigo foi originalmente escrito no blog da Zeropaper (http://blog.zeropaper.com.br/)

Autor

Fundador e CEO da Daexe Assessoria Executiva. Administrador e Especialista em BSC.

Deixe seu comentário: